O RUÍDO DOS GERADORES EÓLICOS

PRESTE ATENÇÃO

Um estudo de origem americana (Universidade de Maryland) revelou que o número de acidentes por atropelamento triplicou entre os anos de 2004 e 2011. O estudo permitiu constatar que, em grande parte dos acidentes, verificava-se o uso de sistemas de audição por auscultadores – para além de ocorrer grande perda de sensibilidade aos estímulos sonoros, a utilização de tais sistemas implicaria diminuição da atenção visual.

GERADORES EÓLICOS

O RUÍDO DOS GERADORES EÓLICOS

As autoridades sanitárias canadianas acabam de lançar estudo, a concluir em 2014, visando apreciar os efeitos da exposição das populações aos ruídos dos geradores eólicos.

Para além da apreciação de parâmetros fisiológicos dos participantes, como seja a pressão sonora, estes serão entrevistados e serão caracterizados os campos sonoros na envolvência e no interior das habitações.

 

DO MUNDO DA ACÚSTICA 

A quantidade de energia potencial contida nos hidratos de metano afigura-se ser bastante superior à do conjunto de todos os outros combustíveis fósseis, pelo que assume muita importância a avaliação do que se escapa para a atmosfera.

Quando o gás natural se liberta dos fundos marinhos dá lugar à libertação de bolhas, como ocorreria na libertação de gás a partir de uma conduta mergulhada em água. Este facto está na base de técnica de deteção que se baseia na escuta do ruído ambiente no mar, detetando este tipo de ruídos, a partir do fundo (vagas, passagem de navios,…), assim permitindo localizar depósitos de hidratos de metano em fundos marítimos.

Tagged . Bookmark the permalink.

About Carla Alves

Carla Alves, Licenciada em Engenharia Civil pela Universidade da Beira Interior. Engenheira Civil Efectiva da Ordem dos Engenheiros. Faço projectos de especialidade de Engenharia Civil com freelancer e estou à procura de um emprego em Engenharia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *